Os brasileiros sempre dão “um jeitinho” na hora de comprar os produtos que desejam e 39% dos consumidores já adquiriram produtos e serviços pedindo “emprestado” o nome de terceiros. As modalidades mais utilizadas para a prática são cartão de crédito (26%), cartão de loja (9%) e crediário (9%). Essa ajuda é solicitada principalmente para comprar roupas, calçados e acessórios, seguidos dos celulares e eletrônicos em geral. Os dados são de uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Segundo os entrevistados, os principais motivos para o empréstimo de nome foram os imprevistos (27%) e já estar com o nome sujo (25%). As principais pessoas que costumam emprestar cartões e assumir crediários são os pais (27%), o cônjuge (22%) e os irmãos (19%). A maioria dos entrevistados (85%) garantem ter avisado o quanto seria gasto antes de pedir o crédito, porém, 8% não informaram.

Leia mais em https://extra.globo.com/noticias/economia/quase-40-dos-brasileiros-ja-pediram-nome-emprestado-para-compras-veja-os-cuidados-21632992.html?utm_source=WhatsApp&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar