A Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM) intimou a empresa Umanizzare a pagar R$ 7.089.000 em multas ao governo do Amazonas. O prazo dado pelo órgão encerrou nesta terça-feira (1º), e, com isso, a quantia passa a representar dívida ativa. A Umanizzare administra os presídios do Amazonas, inclusive o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde ocorreu um massacre no início de 2017, com a morte de mais de 60 detentos. As multas dizem respeito a motins e fugas de detentos nos anos de 2015 e 2016.

Leia mais em http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/umanizzare-deve-mais-de-r-7-milhoes-ao-governo-do-am-em-multas-por-rebelioes.ghtml