Passaram cinco anos da data de inclusão de uma dívida protestada em cartório. Na hora de checar o nome do devedor, nada consta nos bancos de dados dos órgãos de proteção ao crédito. Será que essa dívida não existe mais? Negativo!

A retirada do nome da pessoa e das dívidas em seu CPF após o prazo de cinco anos é uma garantia do Código de Defesa do Consumidor, para que o indivíduo possa se restabelecer economicamente. Após este período, mesmo não aparecendo nas consultas, o protesto continua registrado no cartório e somente será baixado após a quitação e o regular cancelamento deste registro.